Mostrando postagens com marcador Cesar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cesar. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 2 de julho de 2018

POLITICA POR CESAR PREVEDELLO

                SAIU A NOVA PESQUISA AO GOVERNO DO PARANÁ.!


Como comentei aos caros amigos leitores na Coluna Política passada, eis que saiu mais uma pesquisa ao Poder Executivo Estadual, então vamos a análise.

Após duas pesquisas impugnadas pela Justiça Eleitoral, que atendeu a pedidos de candidatos que viram distorções nos questionários anteriormente propostos, a instituto Radar, com sede em Francisco Beltrão (Sudoeste) na  terça-feira (26) de junho os resultados de sua terceira tentativa. 
Se realmente desta vez não apareceram motivos novos para desconfianças, a sondagem serve apenas para mostrar que o quadro eleitoral do Paraná, na disputa pelo governo do estado, quase não sai do lugar.

segunda-feira, 19 de março de 2018

VEREADORA MARIELLE:

VEREADORA MARIELLE: AO INVÉS DE DIREITA OU ESQUERDA POR QUE NÃO VAMOS PARA FRENTE?

Marielle Franco foi eleita em 2016 vereadora pelo Psol. Foi seu 1º mandato, se elegeu com 46 mil votos, sendo a 5ª mais bem votada do Rio de Janeiro. Formou-se em sociologia pela PUC, com bolsa integral, e fez mestrado em administração pública na UFF, com o tema “UPP: a Redução da Favela a Três Letras”. A vereadora foi morta a tiros na noite de 4ª feira (14.mar.2018), no centro do Rio, aos 38 anos.

Marielle foi mãe aos 19 anos. Antes de ser eleita, ela foi assessora parlamentar do deputado estadual Marcelo Freixo, também do Psol . Foi eleita vereadora tendo como principais bandeiras o feminismo e os direitos humanos.

Porem muito mais do que sua história de vida pessoal e política (e este final lastimável que teve), temos que pensar no fato dessa divisão política que estamos vivendo nos dias atuais. Uns de direita, outros de esquerda, outros de centro, mas e a população em si meu caro amigo leitor, como fica nessa guerra?

A população em geral, que não tem tempo algum para pensar, se quer discutir política, pois acorda as 5 horas da madrugada para ir trabalhar e volta as 22 horas da noite para tomar um banho e dormir, fica “a ver navios” ou melhor, fica a ver corrupção de nossos políticos e cadáveres nas ruas com essa guerra entra partido A e partido B.

No fim das contas, temos que pensar em nos unir num bloco só, um bloco da esperança em nosso país, um bloco de paz e harmonia, pois querer se dividir para apoiar aquele partido x, só tem um destino final, ajudar nos interesses pessoais dos grandes políticos que estão no poder.

Estamos sendo usados como massa de manobra para políticos do colarinho branco ficarem eternamente nas cadeiras parlamentares que hoje estão!

E neste ano eleitoral que estamos, temos o dever de fazer a maior limpa possível e imaginável arrastando essas raposas velhas da política para a sarjeta!   

Em resumo, enquanto cada grupo usar sua morte para justificar sua ideologia e continuarmos divididos e paralisados, 60 mil brasileiros continuarão a ser assassinados todo santo ano!

Temos que ter mais respeito por essa lutadora assassinada brutalmente por defender uma bandeira de todos nós, a vida! Jamais diga que alguém, seja do partido que for, mereceu (ou não) morrer, pense, analise e vote!
 
César Prevedello Coelho

domingo, 3 de setembro de 2017

POLITICA

BRASÍLIA A CAPITAL DO PODER PARA ALGUNS ESCOLHIDOS.!



Juscelino Kubitschek de Oliveira, senão por inúmeros atos de ousadia, ficou imortalizado pelo feliz pensamento: “Deste Planalto Central, desta solidão que em breve se transformará em cérebro das mais altas decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez sobre o amanhã do meu país e antevejo esta alvorada, com fé inquebrantável e uma confiança sem limites no seu grande destino”.*

domingo, 13 de agosto de 2017

MINISTRA CARMEM LÚCIA

MINISTRA CARMEM LÚCIA FAZ A LIÇÃO DE CASA NO BRASIL.!

A presidente do Supremo Tribunal Federal ministra Cármen Lúcia, apresentou nesta quarta-feira do dia 9, durante a reunião administrativa da Corte, a proposta de Orçamento do Judiciário para 2018, Cármen Lúcia decidiu não propor reajuste salarial. Na reunião, a proposta orçamentária foi discutida pelos demais ministros do STF, os salários dos ministros do Supremo servem como teto do serviço público.

Nos últimos dias, houve movimentação no Ministério Público, e também de juízes e magistrados, por reajuste salarial no ano que vem. O Ministério Público pediu aumento de 16% e a associação dos Magistrados, aumento de 41%, o que aconteceu, também, com a associação dos juízes. Há, dentro do STF, defensores do reajuste para os ministros em 2018. O Orçamento da União deve ser encaminhado ao Congresso até 31 de agosto.

O argumento de Cármen Lúcia para não sugerir reajuste salarial é a grande repercussão de um aumento concedido ao Judiciário no Orçamento da União e, também, a crise econômica vivida pelo país que tem hoje algo como 13 milhões de desempregados. Cármen Lúcia avalia que o Artigo 95 da Constituição impede a irredutibilidade dos salários de magistrados, mas, pela proposta dela, não haveria redução, e sim o não reajuste.
Além de Cármen Lúcia, os ministros Marco Aurélio Melo, Dias Toffoli e Gilmar Mendes também já manifestaram que este "não é o momento" para incluir reajuste no Orçamento, entretanto o ministro Ricardo Lewandowiski defende o reajuste.

Em tempos que tanto o governo brasileiro em geral discursa a população sobre a diminuição de gastos da máquina pública, temos uma mulher guerreira que, mesmo estando na mais alta corte jurídica de nosso país, olha a realidade da população mais carente, ou seja, ainda existe senso de realidade no país! 
 
César Prevedello Coelho


domingo, 25 de junho de 2017

VOTAÇÃO DA PREFEITURA DE CURITIBA




A VOTAÇÃO DA PREFEITURA DE CURITIBA EM OUTRO CENÁRIO.!

Por 21 votos a 10, os vereadores de Curitiba aprovaram a mudança no local de votação do pacote de ajuste fiscal proposto pelo Prefeito Rafael Greca. O presidente da Câmara Municipal, vereador Serginho do Posto (PSDB) convocou uma sessão extraordinária para a noite desta sexta-feira (23) para discutir o assunto, a partir de uma proposta da Secretaria de Segurança Pública do Paraná, que propôs que a sessão ocorra na Ópera de Arame. 

A convocação chegou ao gabinete dos vereadores ao redor das 17 horas e a sessão foi iniciada às 18h43, com a presença de 29 dos 38 vereadores. O acesso às galerias está limitado a 78 pessoas, como determinado por laudo do Corpo de Bombeiros, mas poucos servidores foram até o local.

A proposta de alteração do local da sessão plenária foi apresentada na tarde desta sexta-feira (23) pelo secretário de Segurança do Paraná, Wagner Mesquita, em uma reunião entre vereadores, Ministério Público (MP), OAB, órgãos de segurança e representantes da prefeitura. A proposta é que a sessão seja realizada na Pedreira Paulo Leminski ou na Ópera de Arame, como assim ficou definido.

O vereador Serginho do Posto já havia adiantado que levaria a decisão para o conjunto dos vereadores. “É uma decisão muito difícil, porque é lá [na sede da Câmara] que o prefeito faz seu juramento, é lá o livre exercício da cidadania. Preciso ouvir o colegiado. Tenho que levar [a questão] aos meus pares. Entendemos o momento, que é de preocupação”, disse o vereador.

Por meio das redes sociais, os sindicatos municipais já estão se mobilizando para pressionar os vereadores durante a sessão extraordinária. Os sindicalistas defendem que a sessão de segunda-feira seja feita na sede da Câmara Municipal.

Agora vamos aguardar a votação que deve levar dois dias para aprovação, ou não, do ajuste fiscal de nossa capital. Vale lembrar que, a segurança de todos, parlamentares e sociedade civil deve ser levada sempre em consideração aos direitos que cada um possui, pois o bem maior da segurança deve sempre prevalecer entre posição e oposição. Diálogo e respeito queremos hoje e sempre e desta forma, vamos em frente Curitiba.! 
 
César Prevedello Coelho

domingo, 18 de junho de 2017

POLITICA \ “Ele rouba sim, mas faz tanto pela população”........

POLITICA 


BRASIL PODE CONTINUAR A SER GOVERNADO COM OS ATUAIS?

Chegamos a um nível tão absurdo em nossa política atual no Brasil que, nem mesmo um feriado prolongado de quatro dias, nos faz esquecer do mar de lama em que estamos afundados, ou melhor dizendo, do mar de lama que afunda nossos políticos atuais. Ao passar de um canal para o outro, sempre temos a mesma notícia, por mais rápida que vemos, sobre mais um político do alto escalão envolvido em novos escândalos de corrupção.

Será que temos uma parcela de culpa sobre o atual cenário político em que estamos ou realmente todos nossos políticos são corruptos? Sinceramente meus caros amigos leitores, não sei dizer ao certo, porem sou contra a generalização de dizer que todos duma classe política ou não, são ladrões e agem contra o nosso tão rico Brasil!

Acredito que temos sim, que aprender a escolher e votar melhor nos políticos que nos representam por tantos anos, pois caso contrário, iremos continuar nesse mais do mesmo do rouba porem faz, ou melhor, do rouba e rouba, pois nem mesmo aquele velho e triste ditado em nosso país serve mais para os dias atuais, do “ele rouba sim, mas faz tanto pela população”.

Estamos numa era que devemos deixar as velhas raposas da política para o passado e votar em pessoas mais jovens, com sangue novo para, quem sabe, acertamos nosso país nos trilhos da ética e lisura política!  
  
César Prevedello Coelho

domingo, 4 de junho de 2017

POLITICA.

TREM COM POLÍTICA.!

Se hoje Curitiba é a capital do estado do Paraná, tal fato se deve ao empenho e à perseverança de dois irmãos nascidos na Bahia, ambos engenheiros: Antônio e André Rebouças. Filhos de Antonio Pereira Rebouças, os irmãos tornaram-se engenheiros militares e chegaram a estudar na Europa, apesar das limitações culturais, políticas e econômicas impostas aos negros naquele período.

Depois de trabalhar em obras públicas no Rio de Janeiro, André se torna um “voluntário da pátria” e segue para o conflito contra o Paraguai, no qual chegou a participar da Batalha de Tuiuti. Os dois irmãos sempre se esforçaram por apresentar projetos e soluções que visassem a melhoria das condições de vida da população, como foi o caso da distribuição de água no Rio de Janeiro. Sempre enfrentaram percalços de natureza burocrática ou preconceituosa em razão do fato de serem negros.

Apesar disso, foram eles, por exemplo, os responsáveis por estudos e soluções técnicas que viabilizaram a construção da estrada de ferro que liga Paranaguá a Curitiba. Graças a ambos, o projeto que se reputava infactível, revelou-se promissor e Curitiba pôde reunir condições para tornar-se a capital do estado.
 

Os irmãos Rebouças não participaram da execução das obras da estrada, mas elas foram realizadas entre os anos de 1880 e 1884. Ao longo de seu percurso existem pontes e túneis cuja precisão e ousadia atraem turistas de todo o mundo até hoje.
 

A construção da estação ferroviária em Curitiba alavancou o desenvolvimento da cidade, que, até meados dos anos 80 do século XIX, não ia muito além da Rua Marechal Deodoro, então conhecida como Rua do Imperador. A nova estação, que teve a localização sugerida pela Câmara de Vereadores, fez surgir a Rua da Liberdade, posteriormente batizada como Barão do Rio Branco, cuja importância econômica só rivalizava com a Rua do Mato Grosso, atual Comendador Araújo.

A região localizada atrás da Estação Ferroviária ganhou contornos industriais com a instalação de fábricas diversas. A presença de extensas vias ligando esta região à parte sul da cidade fez com que ela também ganhasse importância estratégica. A administração pública de Curitiba homenageou os irmãos Rebouças batizando não só uma das ruas dessa região com o nome de Engenheiros Rebouças, mas toda a região. 

Hoje, o bairro Rebouças é uma das localidades mais valorizadas de Curitiba e sua importância histórica é inegável para o entendimento da dinâmica da cidade.

E todo esse percurso da nossa estrada de ferro, pode ser desfrutada por meio da Serra Verde Express a qual, desde 1997, disponibiliza passeios de trem pela Serra do Mar todos os dias da semana. Anualmente, cerca de 200 mil pessoas passeiam nos trens que circulam na Serra do Mar Paranaense movimentando o turismo local. Com capacidade de transportar mais de 1.100 passageiros por viagem, os trens da Serra Verde Express são responsáveis por mais de 120 empregos diretos em Curitiba e na cidade litorânea de Morretes. Estima-se uma geração de renda de mais de 27 milhões de reais, por ano, resultado do fluxo de turistas nos restaurantes e comércio local.
 
César Prevedello Coelho

domingo, 21 de maio de 2017

POLITICA DA HORA \ POR CESAR PREVEDELLO




ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL PEDE IMPEACHMENT DO PRESIDENTE DO BRASIL.!

Muito me orgulho em fazer parte desta OAB que vem fazendo história na política brasileira, estamos passando a limpo um Brasil mergulhado na corrupção e lama de assombra nosso país nos últimos anos! A OAB com seus 86 anos dedicados ao nosso Brasil vêm tentando ajudar o Poder Público em geral a recompor sua ética e moral que vem perdendo com os passares dos anos, pois, infelizmente, os políticos hoje não representam a vontade de mudança que nós brasileiros tanto desejamos.

O Conselho Federal da OAB decidiu nos primeiros minutos deste domingo (21 de maio), após mais de 9 horas de debates, entrar com pedido de abertura do processo de impeachment do presidente da República, Michel Temer. A decisão contou com o voto favorável de 25 das 27 bancadas de conselheiros federais. Houve uma oposição – do Amapá – e a ausência da delegação do Acre. O Paraná esteve representado pelos conselheiros Cassio Telles, Flávio Pansieri, José Lucio Glomb e Juliano Breda e pelo presidente da seccional, José Augusto de Araújo Noronha.

O presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia, manifestou, após a decisão, sua tristeza pelo momento que o país vive uma vez mais. “A Ordem tem uma gama de ações desenvolvidas nos últimos anos em prol do Brasil e contra a corrupção. A mesma instituição que recentemente defendeu o instituto do habeas corpus, luta e combate a corrupção. Registro meu orgulho de estar presidindo os trabalhos com valorosos conselheiros e 27 presidentes de seccionais. Agradeço a todos que atenderam ao chamado de urgência. 

Acima de tudo, fica para todos o sentimento de que agimos com responsabilidade e, acima de tudo, olhando para o Brasil. Todos queremos o melhor Brasil para os nossos filhos, banindo a corrupção que aí está. E isso é possível com o trabalho de todos os dirigentes. Nosso partido é o Brasil. Isto estamos agora reafirmando”, destacou Lamachia. Encerrados os trabalhos, de mãos dadas, os advogados presentes entoaram o hino nacional para selar o momento histórico.
César Prevedello Coelho

domingo, 14 de maio de 2017

POLITICA \ TEMER COMPLETA 1 ANO




QUERENDO OU NÃO GOVERNO TEMER COMPLETA 1 ANO

Reeleito vice-presidente da República em 2014, Michel Temer assumiu a Presidência do Brasil no dia 12 de maio de 2016, após o afastamento temporário de Dilma Rousseff. Nesta sexta-feira (12), o governo do peemedebista, que efetivamente assumiu em agosto depois do processo de impeachment, completa um ano marcado por decisões polêmicas na política e economia do país. Durante os 12 meses, pontos principais como o ajuste fiscal na economia, a definição de um teto para os gastos públicos, e o envio das reformas da Previdência, trabalhista e do Ensino Médio para o Congresso Nacional marcaram a gestão de Temer.   

Considerada a meta mais importante do governo na economia, o ajuste das contas públicas teve início com a aprovação pelo Congresso, em dezembro do ano passado, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Teto de Gastos, limitando, por 20 anos, os gastos públicos à inflação do ano anterior. A medida sofreu diversas críticas já que possivelmente retiraria investimentos da saúde e educação, que têm percentuais mínimos de investimento previstos na Constituição. Outra decisão aprovada foi o saque dos valores de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) na tentativa de estimular a economia com uma injeção de aproximadamente R$30 bilhões.   

Em um ano, o Executivo enviou ao Parlamento 83 propostas, entre elas as reformas do ensino médio, da Previdência e a trabalhista, sendo que mais da metade das propostas tramitam em caráter de urgência. Com apoio do Congresso Nacional, foi aprovada a reforma do Ensino Médio, pela qual os estudantes poderão escolher formação em uma das cinco áreas: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e sociais aplicadas e formação técnica e profissional. No entanto, a reforma sofreu diversas resistências de movimentos educacionais.  

Em meio ao discurso de que o país precisa superar a “maior crise da história”, Temer tem defendido que as mudanças na aposentadoria são necessárias e “urgentíssimas” porque o “rombo” nas contas do INSS crescem a cada ano. A proposta do governo de mudança nas regras previdenciárias prevê, por exemplo, idade mínima de 65 anos para homens e mulheres poderem se aposentar. A medida causou diversos protestos em todo o Brasil.  

Entretanto, o governo de Temer também foi alvo da Lava Jato. Romero Jucá, que ocupava o Ministério do Planejamento e um dos principais articuladores políticos do mandatário, precisou deixar o cargo após ter uma conversa vazada sobre a operação. Além disso, na época, o ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves foi citado em delação premiada e pediu demissão do cargo.  

Em fevereiro deste ano, o Temer anunciou que os ministros que se tornarem réus na Lava Jato serão afastados do cargo. Ao longo de um ano de governo, o chefe de Estado deu prioridade à política interna com o intuito de acelerar a aprovação de várias reformas. Suas viagens internacionais foram marcadas por um visita à China e aos Estados Unidos, onde participou da 71ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Foram feitas também reuniões bilaterais com presidentes e chefes de Estado de diversos países.
 
*Apoio Istoé

César Prevedello Coelho

domingo, 16 de abril de 2017

MAIS PÁSCOA E MENOS POLITICAGEM.! \ POR CESAR PREVEDELLO

MAIS PÁSCOA E MENOS POLITICAGEM.!

Hoje meus caros amigos leitores, vamos deixar a política e a politicagem um pouco fora do nosso contexto e pensar no significado da nossa Páscoa.

Páscoa é uma importante celebração da igreja cristã em homenagem a ressurreição de Jesus Cristo. De acordo com o calendário cristão, a Páscoa consiste no encerramento da chamada Semana Santa. As comemorações referentes à Páscoa começam na "Sexta Feira Santa", onde é celebrada a crucificação de Jesus, terminando no "Domingo de Páscoa", que celebra a sua ressurreição e o primeiro aparecimento aos seus discípulos.

A Semana Santa é a última semana da Quaresma, período em que os fiéis cristãos devem permanecer por 40 dias em constante jejum e penitências. O dia da Páscoa foi estabelecido por decreto do Primeiro Concílio de Niceia (ano de 325 d.C), devendo ser celebrado sempre ao domingo após a primeira lua cheia do equinócio da primavera (no Hemisfério Norte) e outono (no Hemisfério Sul).

A Páscoa é classificada como uma festa móvel, assim como todas as demais festividades que estão relacionadas a esta data, como o Carnaval, por exemplo. A comemoração da Páscoa, no entanto, costuma ser entre os dias 22 de março a 25 de abril. A Páscoa é comemorada em vários países, principalmente aqueles com fortes influências do cristianismo. Os espanhóis chamam a data de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

Etimologicamente, o termo Páscoa se originou a partir do latim Pascha, que por sua vez, deriva do hebraico Pessach / Pesach, que significa “a passagem”.

César Prevedello Coelho

terça-feira, 14 de março de 2017

POLITICA \ CESAR PREVEDELLO

VEREADOR DE CURITIBA PODE PERDER O CARGO SE ASSUMIR SECRETARIA.!


Com o apoio de 13 vereadores, foi protocolada na segunda-feira (6), pelo gabinete do Professor Euler (PSD), uma proposta de emenda à Lei Orgânica do Município - LOM que obriga os parlamentares a renunciarem ao mandato se optarem por ocupar secretaria na Prefeitura de Curitiba. A exigência também valeria para quaisquer cargos públicos fora da Câmara Municipal, seja na cidade, no governo estadual ou na administração federal (001.00002.2017).

Pela regra vigente, se o vereador ocupar uma secretaria municipal, ou qualquer um dos demais cargos citados no projeto, a vaga dele no Legislativo passa a ser ocupada pelo suplente. Caso o político opte por retomar o mandato na Câmara Municipal, o suplente é dispensado para que o vereador reocupe o cargo. Com a emenda à LOM, os vereadores querem que o parlamentar que ingressa no Executivo, por exemplo, abra mão permanentemente da vaga no Legislativo.

“Quando um candidato a vereador é eleito, ele representa a escolha da população para a fiscalização do Poder Executivo. Ao abandonar a Câmara para ir trabalhar junto com o próprio Executivo, esse vereador desvia-se completamente da função para a qual foi eleito”, aponta Euler na justificativa. “Se ele deixa a vaga para um suplente, a vontade da população, que é o elemento básico da democracia, está sendo desprezada”, defende.

A proposta de emenda inclui um item no artigo 21 da Lei Orgânica do Município, onde constam vedações aos vereadores eleitos depois da posse no cargo. A adição diz textualmente que “os vereadores não poderão ocupar cargo de Ministro de Estado, Secretário de Estado e Secretário Municipal, ou qualquer outro cargo em comissão ou função remunerada nos órgãos da Administração Pública Federal, Estadual e Municipal”. 

Com Euler, assinam a iniciativa Bruno Pessuti (PSD), Dr. Wolmir (PSC), Fabiane Rosa (PSDC), Felipe Braga Côrtes (PSD), Geovane Fernandes (PTB), Goura (PDT), Katia Dittrich (SD), Marcos Vieira (PDT), Maria Leticia Fagundes (PV), Noemia Rocha (PMDB), Professor Silberto (PMDB) e Rogério Campos (PSC).

César Prevedello

domingo, 5 de março de 2017

POLITICA

LULA JÁ DISCURSA COMO PRÉ CANDIDATO A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA.!

Alvo da Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prepara uma plataforma econômica para apoiar sua pré-candidatura ao Planalto. Mesmo correndo o risco de ficar inelegível se for condenado em segunda instância, pois é réu em cinco ações, Lula avalia que o PT precisa se contrapor com mais vigor ao governo Michel Temer, lançando uma espécie de “programa nacional de emergência” para o País sair da crise. O termo foi usado pelo próprio PT em fevereiro do ano passado, quando o partido apresentou à então presidente Dilma Rousseff uma lista com 22 sugestões de mudanças na economia.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

POLITICA \ Aumento da Tarifa .

SEMANA SERÁ “QUENTE” NO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL.!

A partir da próxima segunda-feira dia 6 de fevereiro, a população usuária do transporte coletivo em Curitiba vai pagar 14,9% a mais no preço da tarifa, dos atuais R$ 3,70, a passagem passará para R$ 4,25, conforme informação divulgada pela prefeitura na tarde da Sexta-Feira dia 3 de Fevereiro.
A gestão do Prefeito Rafael Greca (PMN) também decidiu extinguir a tarifa “domingueira”, que passará dos atuais R$ 2,50 para o mesmo valor dos demais dias da semana e a linha Circular Centro subirá de R$ 3,00 para R$ 3,50 e da Linha Turismo de R$ 40,00 para R$ 45,00.
O aumento da tarifa torna Curitiba à capital com passagem de ônibus mais cara do Brasil. O reajuste segue uma tendência de restrições ao direito à cidade em várias capitais do Brasil desde a virada do ano. Em Florianópolis, além do aumento de 11%, o Legislativo aprovou a limitação do uso do passe estudantil para 60 passagens por mês. A integração entre o metrô e o trem em São Paulo aumentou de R$ 5,92 para R$ 6,80, e em Belo Horizonte a tarifa do ônibus subiu 35 centavos.
Pouco mais de duas horas depois do anúncio do aumento, a Frente de Luta pelo Transporte de Curitiba e a articulação CWB Resiste divulgaram o chamado para um ato contra o reajuste. A mobilização é convocada para esta Segunda-Feira dia 6, às 18h30, na Praça 19 de Dezembro, centro da cidade.
 
Em nota, Prefeitura argumenta que o aumento é necessário para “recompor o equilíbrio econômico-financeiro do sistema de transporte público e permite a retomada de investimentos que tragam melhorias para os passageiros”.
De acordo com nota do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), a elevação da tarifa não altera a remuneração das empresas, que atualmente é de R$ 3,6653 por passageiro pagante. A data-base para reajuste da tarifa técnica é dia 26 de fevereiro.
Agora caro amigo leitor, temos que aguardar as cenas do próximo capítulo, ou melhor, do próximo ato contra o reajuste e avaliar se tal ato do Poder Executivo Municipal será mantido e, com a manutenção ou não deste ato, temos que admitir a coragem do Prefeito Greca em peitar o “sistema”.!
*Colaboração Brasil de Fato; 
César Prevedello

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

POLITICA

EIS QUE OS ANIMAIS TEM VEZ EM CURITIBA.! 

Censo de animais deve virar lei em Curitiba
Projeto inédito será apresentado na Câmara Municipal pela vereadora Katia Dittrich
 
A Universidade Federal do Paraná (UFPR) realizou, nos dias 20 e 21 de janeiro, a primeira etapa do Censo Animal, que vai se estender até o fim do ano, aplicando 9 mil questionários em todas as regionais da cidade. O grupo de 40 pesquisadores, composto por alunos e professores da Universidade, coletou as respostas, inicialmente, junto à comunidade da Regional Cajuru. Porém, os trabalhos apenas começaram na capital paranaense. Em breve a vereadora Katia Dittrich irá protocolar o projeto de lei a respeito do tema, para tornar a iniciativa uma política pública e não apenas uma ação pontual.

O objetivo da realização do censo é levantar dados que permitirão o direcionamento das políticas públicas voltadas aos animais, como as castrações oferecidas pela Prefeitura. “Se não tivermos uma ideia de quantos animais existem em nossa cidade e qual a real situação deles em cada Regional, muitas das ações da Prefeitura acabam sendo em vão”, afirma a parlamentar, que deve apresentar o projeto de lei na volta dos trabalhos na Câmara. “Estamos elaborando o projeto com base em estudos técnicos e com o apoio de professores da UFPR”, esclarece.

O professor da UFPR Alexander Biondo, coordenador do projeto, também ressalta a importância de estatísticas para a eficiência das ações do poder público. “Atualmente, o que vem sendo feito não têm fundamento populacional. Os programas de castração, de educação e guarda responsável, combate ao abandono e adoção são empíricos e não têm base técnica. Por exemplo, o “Castramóvel” vai fazer uma série de castrações nos bairros de periferia de Curitiba. Mas como foi essa decisão? Somos 75 bairros na cidade hoje. Quais desses são considerados, ou ranqueados, como de risco ou vulnerabilidade?”, questiona o professor. “Com o censo amostral teremos dados concretos e confiáveis para a aplicação de políticas públicas, por isso, transformá-lo em lei é essencial”, finaliza Biondo.
 
César Prevedello

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Politica

AINDA RESTA ESPERANÇA.!

Assistindo dos poucos programas dominicais interessantes da rede aberta de televisão, me deparo com o The Voice Kids, que é um talent show brasileiro exibido pela Rede Globo que estreou em 3 de Janeiro de 2016, o programa é a versão infantil do The Voice Brasil, sendo seus atuais jurados: Carlinhos Brown, Ivete Sangalo e a dupla Victor & Leo. 

Pois bem, na data de 15 de Janeiro de 2017, quando a cantora mirim Maria Teresa tossiu no comecinho da apresentação, todas as cadeiras viraram para ela e, com tal atitude de todos os técnicos em quererem ela para seu time, a surpresa foi imensa tanto a cantora, quanto ao público que assistia em suas casas tal programa de televisão.
 
O gesto em escolher uma pessoa, mesmo após um ato falho, que qualquer pessoa está sujeita a passar, surpreendeu todos nós! Pois o que falta nos dias atuais em nossa política é superarmos os atos falhos de nossos políticos como um todo e assim, tentarmos pegar a direção num caminho melhor do que os percorridos até o momento.
 
O Prefeito Rafael Greca que após um tempo internado e sob repouso em sua residência, voltou na ultima segunda dia 16 de Janeiro de 2017 efetivamente a onde ele queria não ter saído, a cadeira do Gabinete do Prefeito Municipal de Curitiba junto ao Palácio 29 de Março. E o que esta história nos representa? Representa a alegria em servir, à vontade em trabalhar em prol do povo que mais precisa de um dirigente alegre e sempre feliz como o Prefeito Greca.

É de se admirar fatos como o ocorrido no The Voice Kids e a alegria em servir do Prefeito Rafael Greca, pois mesmo sabendo que existem “atos falhos” do cotidiano, a cantora mirim seguiu em frente após o enorme apoio de seus técnicos e o Prefeito de Curitiba, mesmo num quarto de hospital, seguiu despachando atos do Poder Executivo Municipal e tudo por que? Porque existe a alegria em servir e encantar as pessoas que depositaram a confiança 
nessas pessoas, simples assim!

O que nos falta é ter a esperança da cantora mirim na sociedade em geral e a vontade em servir nosso próximo do Prefeito Rafael Greca, pois como ele sempre nos lembra: "Viva Curitiba".!  
 
César Prevedello
 

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

POLITICA \ Por Cesar Prevedello

RAFAEL GRECA: DIRETO AO PONTO.!

Para cumprir a promessa de diminuir o número de Secretarias Municipais de 19 para 12, o prefeito eleito Rafael Greca (PMN) optou por fundir algumas áreas de gestão e dar menos espaço para outras. Ele disse, na semana passada, que não teve dificuldades para promover a mudança: “Fiz em casa, com a ajuda da Margarita (sua esposa). Ela é muito boa com tesoura”, comentou.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Politica

EIS A DIPLOMAÇÃO POR CURITIBA.!

Eis que chega o momento dos nossos Vereadores eleitos, Prefeito e Vice Prefeito serem diplomados em nossa capital. Incrivelmente com um “céu de brigadeiro” acontecerá hoje o evento solene da diplomação dos nossos representantes, mas você caro amigo leitor, ainda se lembra em quem votou?

A sessão solene será às 16 horas, no grande auditório do Teatro Positivo e já na terça-feira (20), os parlamentares eleitos participam de uma sessão preparatória para a posse e a eleição da Mesa Diretora.

Com a diplomação, a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a entrega dos diplomas só ocorre depois de terminado o pleito, apurados os votos e passados os prazos de questionamento e de processamento do resultado das eleições.

Na Câmara Municipal de Curitiba 15 vereadores são considerados novatos: Zezinho Sabará (PDT), Osias Moraes (PRB), Fabiane Rosa (PSDC), Goura (PDT), Professor Euler (PSD), Thiago Ferro (PSDB), Marcos Vieira (PDT), Doutor Wolmir (PSC), Maria Manfron (PP), Katia dos Animais de Rua (SD), Mauro Bobato (PTN), Professor Silberto (PMDB), Oscalino do Povo (PTN), Doutora Maria Leticia Fagundes (PV) e Ezequias Barros (PRP).

Foram reeleitos Serginho do Posto (PSDB), Beto Moraes (PSDB), Jairo Marcelino (PSD), Pier Petruzziello (PTB), Mauro Ignácio (PSB), Felipe Braga Côrtes (PSD), Helio Wirbiski (PPS), Tito Zeglin (PDT), Dona Lourdes (PSB), Mestre Pop (PSC), Julieta Reis (DEM), Toninho da Farmácia (PDT), Colpani (PSB), Sabino Picolo (DEM), Cristiano Santos (PV), Tico Kuzma (Pros), Paulo Rink (PR), Geovane Fernandes (PTB), Professora Josete (PT), Cacá Pereira (PSDC), Noemia Rocha (PMDB), Bruno Pessuti (PSD) e Rogério Campos (PSC).

E já no dia 2 de Janeiro de 2017 iremos ter a eleição para a mesa da Câmara Municipal de Curitiba, sendo que, devemos confirmar o nome do Vereador Serginho do Posto, este o Vereador mais votado por nossa capital, com quase 12 mil votos, sendo mais de 8 mil votos somente na 3ª Zona Eleitoral, o Presidente da Mesa, seguido do Vereador Bruno Pessuti, filho do simpático ex-Governador do Paraná Orlando Pessuti, como 1º Secretário.
 
César Prevedello

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

NATAL BRADESCO 2016


NATAL COM POLÍTICA DE INCLUSÃO SOCIAL

No ultimo domingo dia 27 de Novembro de 2016 aconteceu o ensaio geral do Natal do Palácio Avenida, este agora, administrado pelo Banco Bradesco que adquiriu recentemente o Banco HSBC. O show com o coral de crianças com 26 anos de tradição  é considerado um dos maiores do Sul do Brasil, neste ano, com o tema “A inesquecível viagem de Natal”, a edição conta com recursos ainda mais tecnológicos e que prometem surpreender o público, um dos exemplos é o video mapping, que é uma das técnicas de projeção de vídeo mais inovadoras da atualidade.

Porem algo chamou muita atenção neste espetáculo de quase três décadas de existência, pela primeira vez na história, temos um amplo acesso a pessoas cadeirantes e pessoas surdas/mudas com uma intérprete em libras para a comunicação durante o show inteiro. Um grande avanço nesse espetáculo que encanta pessoas do mundo inteiro que vem a nossa capital, prestigiar as 120 crianças que cantam nas janelas do Palácio Avenida e, agora com acesso em libras, podemos dizer que a música se tornou um idioma mundial.     

Por este seu Colunista Político pertencer a Diretoria Executiva do Instituto de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência – IDDPCD, vale lembrar que, seria interessante o acesso a tal espetáculo a pessoa com deficiência visual, tendo assim, acesso a reprodução sonora sobre as vestimentas e acontecimentos durante os 45 minutos de espetáculo.

O passo dado pelo Banco Bradesco foi de imensa largura aos acessos as pessoas com deficiências que tanto precisam deste apoio e atenção, pois mais de 20 mil pessoas devem assistir o Natal no Palácio Avenida e, com toda a certeza, muitos possuem algum tipo de deficiência para acesso ao espetáculo em geral.    
  
César Prevedello



Serviço
 “A inesquecível viagem de Natal”, a edição 2016 do espetáculo acontece nos dias 2, 3, 4, 9, 10, 11, 16, 17 e 18 de dezembro no Palácio Avenida. Apresentado pelo Bradesco, o evento traz o tradicional coral de crianças que conduzirá todos a uma viagem mágica e inesquecível por um Brasil alegre, festivo e plural.




quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Politica

MAIS IGUALDADE POR FAVOR: EIS NOSSAS VEREADORAS DE CURITIBA!
 
Após falarmos sobre a eleição do Poder Executivo Municipal, da vitória do candidato a prefeito de Curitiba Rafael Greca do PMN, este, o mais novo Prefeito de Curitiba com exatos 461.736 votos válidos, ficando na casa dos 53,25%, vamos falar sobre o Poder Legislativo Municipal, nossa Câmara Municipal de Curitiba que conta com atuais 38 cadeiras a Vereadores e irá começar em 1º de Janeiro de 2017 a 17ª Legislatura que engloba os anos de 2017 a 2020. A renovação foi de 15 cadeiras das 38 da Câmara Municipal, o equivalente a 40% do total, sendo que, o eleitorado de Curitiba deixou de fora os vereadores que se envolveram nas principais polêmicas protagonizadas no Legislativo Municipal nos últimos quatro anos. 

A Câmara de Curitiba terá oito vereadoras, a partir de 2017, maior número de sua história! Elas serão 21% dos parlamentares, porem ainda assim, uma representação pequena, vez que, segundo o Censo 2010 do IBGE, as mulheres somam 52,33% da população curitibana, mas de qualquer forma temos muito a comemorar do nosso papel nessas eleições, estamos fazendo história em nossa amada capital que sempre foi de passar exemplos as demais capitais e cidades brasileiras.

Destas nossas novas Vereadores, temos¹: Fabiane Rosa (PSDC), Dona Lourdes (PSB) reeleita, Julieta Reis (DEM) reeleita, Maria Manfron (PP), Noemia Rocha (PMDB) reeleita, Professora Josete (PT) reeleita, Katia dos Animais de Rua (SD) e Dra. Maria Leticia Fagundes (PV), de tais, merecem destaque a Professora Josete que teve o maior montante de arrecadação de todas as Vereadoras eleitas na casa dos R$ 169.072,06 e obteve 4.432 votos.

Em contra partida, vemos a Vereadora Katia dos Animais de Rua que arrecadou apenas R$ 7.544,01 para sua campanha política. Ou seja, meus caros amigos leitores, com esses números de arrecadações (do maior para o menor) podemos perceber que as novas regras de propagandas políticas, foram benéficas para nos presentear com sangue novo na política atual, sem precisar mover/gastar milhões de reais para conseguir uma cadeira em nosso legislativo, como assim comprovado e aceito pelos 4.068 votos feitos pela Katia dos Animais de Rua.  

Agora vamos esperar e desejar que nossos 38 representantes possam fazer uma ótima administração para nossa cidade nos 4 anos que irão estar à frente do Poder Legislativo Municipal de nossa capital. Pois cabe a nós eleitores, que votaram ou não, acompanhar por meio dos canais abertos e públicos a nossa população, acompanhar o dia dia dos nossos representantes eleitos pela vontade soberana da maioria dos nossos curitibanos.  

 César Prevedello